RAFAEL LEÃO DEU MORAL A JOVANE E FOI INSULTADO

Feliz pela atuação da véspera e pela estreia a marcar de leão ao peito nas competições europeias, Jovane Cabral recorreu às redes sociais para relevar isso mesmo e partilhar essa felicidade com os seus seguidores.

FUTEBOL – O jogador , Jovane , durante a partida Sporting Feirense a contar para a 4 jornada da Liga NOS 2018/19 no Estadio Jose de Alvalade, em Lisboa. Sabado 1 de Setembro de 2018. (ASF/CARLA CARRICO)

«Muito feliz pela vitória e por ter marcado o meu primeiro golo na @europaleague. Seguimos juntos, equipa», escreveu o cabo-verdiano, numa publicação feita no Instagram.

E foram muitas as reações que a mesma mereceu. Mas a coisa acabou por descarrilar, pois um dos comentários à publicação de Jovane veio de… Rafael Leão. Esse mesmo, o avançado que rescindiu com o Sporting na sequência do ataque à Academia de Alcochete e rumou aos franceses do Lille.

Leão escreveu «abençoado» num comentário, procurando dar moral ao amigo, e a partir daí a coisa ficou muito feia, porque assim que os outros utilizadores perceberam de quem se tratava choveram insultos para Rafael Leão.

Ronaldinho Gaúcho não tem dúvidas

“Raphinha vai fazer uma carreira incrível”

Raphinha não perdeu tempo em justificar os sete milhões de euros que o Sporting investiu em si. O avançado brasileiro, contratado ao Vitória SC no verão, tem assumido papel de protagonista nos leões e já merece elogios de…. Ronaldinho.

Em entrevista ao jornal O JOGO, na edição deste sábado, o antigo craque brasileiro revela que acompanha a carreira do compatriota. 

“Temos uma amizade de família há muitos anos. Acompanho o crescimento de Raphinha desde que começou a jogar futebol, em Porto Alegre, e estou muito feliz por ele”, começou por dizer Ronaldo, antes de deixar uma última garantia. 

“Vai longe, vai fazer uma carreira incrível”, sublinhou o antigo internacional brasileiro.

Villas-Boas admite que esteve perto de rumar ao Sporting

Na época 2009/10, quando estava ao serviço da Académica

André Villas-Boas admitiu que esteve perto de rumar ao Sporting na época 2009/10, após a saída de Paulo Bento de Alvalade. Contudo, o negócio não avançou, por motivos profissionais mas também sentimentais.

“Estivemos perto de chegar a acordo mas eu tento fazer com os meus adjuntos o que o Mourinho fez connosco em alguns tempos da sua carreira. Não senti que estavam a protegê-los e disse que não. Depois renovo com a Académica, há insistência do Sporting em fevereiro e há contactos. Porém, vou jogar a Guimarães pela Académica e no caminho passámos em frente a este estádio [do Dragão] e disse que era aqui que queria estar”, referiu o treinador numa entrevista ao Porto Canal.

O momento em que tudo começou a virar-se para a “cadeira de sonho” no FC Porto aconteceu após um nulo em janeiro com os dragões, para a Taça da Liga. “O Nélson Puga [médico] vem ter comigo ao balneário e diz que o Antero Henrique queria falar comigo. Foi o que originou o processo.”

Fonte: record.pt

José Peseiro com três baixas

Os titulares no jogo de quinta-feira, para a Liga Europa, fizeram trabalho de recuperação, enquanto os restantes trabalharam normalmente no relvado.

De fora, entregues ao departamento médico, ficaram Bas Dost e Wendel, lesionados, enquanto Jeremy Mathieu está em avaliação depois da lesão sofrida no jogo com o Qarabag.

A equipa regressa ao trabalho no sábado de manhã.

André Geraldes despede-se do Sporting

Depois de ter rebentado publicamente o caso ‘Cashball’, André Geraldes cessou imediatamente as suas funções como diretor para o futebol do Sporting. Abandonou em agosto, mas só agora quis deixar uma mensagem de despedida.

“Porque nos habituamos a uma vida que não é a nossa, quando podemos escrever a nossa própria história. Emprestar-lhe vários capítulos? Talvez os filhos nos acrescentem medo ao futuro. Mas é preciso ultrapassar esse medo”, começou por escrever André Geraldes.

“Há uma certeza, vou. Estou certo de que não me perdoaria. Pior do que ir e ter de voltar é não ir e nunca saber onde se podia chegar”, acrescentou.

Neste texto de despedida, o antigo funcionário dos leões deixou uma palavra de agradecimento às pessoas que o acompanharam “no longo percurso” no Sporting e lança a incógnita.

“Talvez esse futuro nos volte por no mesmo ‘trilho’, mas com uma certeza, em outro capítulo da minha/nossa ambição do que é o melhor para esta grande instituição”, apontou ainda.

“O resto? Esteve, está e estará obviamente à vista de todos e a justiça fará o resto”, escreveu André Geraldes, que finalizou a sua publicação com uma citação do Padre António Vieira: “Muitos cuidam da reputação, mas não da consciência”.