Sporting convoca Assembleia Geral

Os sócios do Sporting tem nova Assembleia-geral (AG) pela frente este ano. Há dois pontos na ordem de trabalhos na AG que se realiza no próximo dia 11 de maio.

Entre as propostas a votos a SAD procura autorização  “para uma ou mais emissões obrigacionistas até ao montante máximo global de sessenta milhões de euros, a realizar mediante ofertas públicas de subscrição de obrigações ordinárias, com uma maturidade não superior a 4 anos e com o valor nominal unitário de (cinco euros)”.

Estas emissões, lê-se no comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deverão ter “lugar até ao final do ano de 2018”.

Este é um dos dois pontos da reunião de trabalhos. O outro diz respeito ao adiamento do reembolso da emissão de 30 milhões de euros, reembolso esse que chega à maturidade em maio. Como o Sporting já tinha adiantando, o plano passa por realizar o pagamento destes títulos apenas no mês de novembro.

O comunicado, aliás, realça que “as anteriores emissões obrigacionistas da Sporting SAD foram sempre realizadas no mês de novembro”. A “excepção” foi a emissão das Obrigações efectuada em maio de 2015, “por ter sido concretizada no quadro da Reestruturação Financeira do Grupo Sporting de 2014”.

“Consideradas as possíveis alternativas de reforço dos capitais permanentes da Sociedade, entende o Conselho de Administração ser a emissão de empréstimo obrigacionista aquela que melhor concilia os interesses da Sociedade e investidores”, destaca ainda o comunicado da SAD liderada por Bruno de Carvalho, que pode ser lido aqui.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.