Atirou chapéu do Benfica para o lado e foi para Alvalade. Beto conta tudo

Guarda-redes formado no Sporting confessou que quase desistiu do futebol.

© Facebook/ Beto Pimparel

Em entrevista ao programa porta 10 A, da Sporting TV, Beto Pimparel, atual guarda-redes do Sporting, contou a história de como chegou ao clube de Alvalade com apenas 11 anos.

“Foi o Aurélio Pereira que falou com os meus pais, num jogo em que eu perdi 11-1 ou 11-2. Jogava na União Desportiva da Ponte Frielas. Um dos massagistas perguntou se queria um chapéu, estava muito sol e trouxeram-me um chapéu do Benfica e eu disse assim: ‘Este chapéu não tem nada a ver comigo’, tirei o chapéu e lancei-o para o lado da baliza. Fiz um jogo espetacular, fartei-me de defender, defendi até um ou dois penáltis. No final do jogo o Sr. Aurélio Pereira falou com os meus pais e disse: ‘Gostava que trouxessem o seu filho, vejo nele alguma coisa’. E assim foi”, contou o guardião dos leões.

Fonte: noticiasaominuto.com

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.