“O que mais gostaria na vida era sentar-me num restaurante com Jesus”

Bruno de Carvalho admite algum arrependimento por ter contratado Jorge Jesus para o Sporting. Em entrevista à revista ‘Playboy’, o ex-presidente dos leões usou a ironia para comentar a atual relação com o treinador e responder à pergunta se aceitaria almoçar com JJ.

“Eu sou católico e a coisa que mais gostaria na vida era de me sentar um dia num restaurante com Jesus. Todos nós alguma vez na vida sentimos que estamos na sua presença, sobretudo quando estamos mais aflitos. Portanto, não tinha problema nenhum de me sentar com Jesus”, atirou o antigo líder dos destinos leoninos.

Apesar de todos os problemas vividos entre ambos, Bruno de Carvalho assegura que não guarda rancor do técnico e admite no futuro reencontrá-lo.

“Já disse aquilo que acho que ele fez de bem e que acho que ele fez de mal, tenho a certeza absoluta que mais cedo ou mais tarde nos havemos de cruzar e não haverá nenhum clima de animosidade. Errei na decisão de o contratar, foi claro, tinha tudo para dar certo, fazia muita lógica, estamos a falar de um treinador que era campeão, que era do rival, portanto teve toda a lógica, como global foi um erro, em termos de resultados”, explicou.

Fonte: noticiasaominuto.com

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.