EDUARDO BARROSO REVELA “ESTRANHO CONVITE” DE PEDRO MADEIRA RODRIGUES

Eduardo Barroso revela estranho convite de Pedro Madeira Rodrigues (atualizado)

Foto: Vítor Chi

Li com o interesse de um sportinguista apaixonado, a entrevista a Pedro Madeira Rodrigues (PMR), e a propósito da resposta à pertinente pergunta sobre se ele tinha sido candidato como vogal na lista de Pedro Baltazar (PB) em 2011, gostava de os informar do seguinte:

Como apoiante desde a primeira hora de Bruno de Carvalho (BdC), e achando que em 2011 seria uma tragédia que Godinho Lopes (GL) pudesse ganhar, tomei a iniciativa de juntar PB e BdC num almoço por mim promovido no Restaurante Lacerda, perto do meu Hospital. Apesar de o almoço ter decorrido de uma forma civilizada, foi impossível chegar a um acordo de fusão das listas.

Posteriormente, apareceram em minha casa três membros da lista do meu amigo PB, nomeadamente três elementos entre os quais dois dos vogais referidos por PMR, excitadíssimos, simpatiquíssimos com a seguinte proposta: desafiavam-me a ser eu a ser o candidato da lista de PB à presidência do Conselho Diretivo com uma única condição: se fosse eleito, como garantiam, eu nomearia PB para presidente da SAD, juntamente com um deles que já não me recordo qual era. Claro que isto me obrigaria a abandonar a candidatura a Presidente da Mesa da Assembleia Geral (MAG) nas listas de BdC e passar a ser candidato a Presidente na lista deles.

Para não ser indelicado, comecei por dizer que ser Presidente da Direção obrigaria a um regime ‘full time’ que a minha vida profissional não permitiria, entre outros argumentos. A essa indisponibilidade foi-me garantido que precisaria de dar apenas duas horas semanais ao Sporting, para assinar as papeladas e outras coisas que fossem necessárias. O resto eles fariam tudo, que eu não precisaria de me preocupar. Finalmente, apesar da enorme simpatia dos interessados que tanto empolaram a minha auto-estima, acabei por lhes dizer que nunca trairia o Bruno, pois acreditava muito nele – por isso, continuaria como seu candidato à MAG como Presidente e pedi lhes para desistirem, pois não tinham chance nenhuma de ganhar, iriam dividir os votos e dar mais chances de vitória a GL, tal como veio a acontecer.

Percebi que só lhes interessava o futebol, queriam apenas a SAD, e prejudicar BdC.

Sei que Pedro Baltazar não irá votar PMR, e provavelmente também não votará BdC, mas é claro para todos que não apareceu desta vez a dar o seu aval a PMR a nenhum nível. Estranho? Penso que não. Claríssimo: acha que ele não tem qualquer preparação para o cargo.

O meu filho mais novo assistiu a todo o diálogo com os elementos que foram a minha casa e, como eu não disse logo que não, por gentileza, pensou por momentos que me deixaria seduzir pela possibilidade de ser Presidente do meu querido Sporting.

O que vos conto sobre este estranho convite atesta de facto como, desde o princípio, o que era importante para PMR era o controlo da SAD e o ódio irracional a BdC. Ele preferia, tal como aconteceu e com consequências trágicas, que GL vencesse.

Nunca esquecerei esse fim de tarde em minha casa. Nuno Fernandes Thomaz, o mais simpático e activo, poderá confirmar ao promenor tudo quanto vos agora refiro.

Não sei se vos interessa este esclarecimento, façam dele o que entenderem, subscrevo-me com consideração.

Eduardo Barroso

Entretanto, Eduardo Barroso enviou uma atualização à sua carta

Depois de vos mandar este email, um amigo enviou-me um eventual desmentido deste acontecimento feito por PMR. Dizendo que a ida a minha casa tinha acontecido mas que o convite era apenas para presidente da MAG. PMR é um mentiroso, um trafulha e um aldrabão. Não esperava que ele tivesse a lata e a coragem de mentir desta maneira. Rui Morgado sabe desde essa altura deste convite e dos termos que reportei. Aliás só assim fazia sentido que perante a minha incompatibilidade da exigência da presidência e a minha vida profissional me tivessem proposto que apenas precisaria de dar ao Sporting duas horas por semana!!

Confesso que passei a desprezar PMR. Malcriado, impreparado e pretensioso. Mas nunca o pensei aldrabão.

Pensa que é melhor do que outros mas não presta. O meu filho que assistiu a tudo não acredita nesse desmentido.

Não acredito que Nuno Fernandes Tomaz dê cobertura a esta mentira. Ele pode dizer que eu apenas disse a verdade do que se passou.

Cumprimentos do EBarroso

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.