Jorge Jesus ” Não há desculpas “

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo desta sexta feira contra o Nacional da Madeira na Choupana o técnico do Sporting tentou desvalorizar os últimos resultados embora não desculpe o último jogo que o Sporting empatou com o Tondela em Alvalade 1-1.

“Sabemos as razões para termos perdido esses pontos. Trabalhamos para melhorar essa realidade. Não há desculpas. O único objetivo é melhorar aquilo que vimos que fazendo menos bem. Temos de melhorar para o futuro. Estamos na oitava jornada. Está tudo em aberto para as equipas em termos de objetivos e para o Sporting também”.

“Está a colocar todas as competições, Champions incluída, mas nós estamos a falar do campeonato. Nas oito jornadas perdemos alguns pontos. Temos várias razões que identificamos como erros e temos de melhorar. Não é difícil. É uma questão de tempo. Não vou explicar aqui, mas sim aos meus jogadores. A minha preocupação é não ter ganho o último jogo. Desde que chegamos que os nossos adeptos estão habituados às vitórias. Neste último jogo, não há desculpas. Nos últimos meses acumulámos vitórias e grandes exibições. Queremos continuar a habituá-los a isso. O meu trabalho é esse, para melhorar”.

“Não tem nada a ver com concentração e atitude. Tem a ver com tempo. As razões estão identificadas. Não há desculpas para nada. Se colocarem o vosso chip a trabalhar é fácil. Aquilo que eu tenho de fazer é dar trabalho aos jogadores que chegaram em Setembro, dar-lhes mais qualidade de treino. Não há desculpas. Tenho é de arranjar tempo e trabalho para estarem ao nível daquilo que sabem fazer. Não tem havido tempo. Há jogadores que nem um mês têm comigo e algum desse tempo estiverem nas seleções”

“Temos de fazer o que fizemos no ano passado, trabalhar em cima daquilo que já projetei, entender as razões porque na época passada estávamos na frente e agora não. É um processo de trabalho.”

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.