Mustafá e Bruno de Carvalho

Greve dos funcionários judiciais impossibilitou que os trabalhos se prolongassem hoje.

Mustafá e Bruno de Carvalho não foram ouvidos pelo juiz Carlos Delca e as inquirições vão mesmo passar para amanhã. Em breve vão regressar aos postos da GNR onde dormiram nas últimas duas noites.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.