José Maria Ricciardi responde a Godinho Lopes

Banqueiro reage à carta aberta que lhe foi dirigida pelo antigo presidente do Sporting

José Maria Ricciardi: «Godinho Lopes está por trás de Pedro Madeira Rodrigues»

Foto: Pedro Zenkl

José Maria Ricciardi não demorou a reagir às acusações que Luís Godinho Lopes. Ver aqui.

O banqueiro, de 62 anos, comenta as “mentiras” do anterior presidente do Sporting e classifica de “catastrófica” a gestão do seu mandato. Ricciardi conclui ainda que “Godinho Lopes está por trás de Pedro Madeira Rodrigues”.

Colinho a funcionar

Já é o segundo golo consecutivo que o Mitroglou não sabe se há-de festejar…

Captura de ecrã 2017-02-28, às 22.49.27

Carlos Resende é o eleito para comandar andebol do Sporting

http://static.globalnoticias.pt/oj/image.aspx?type=generate&name=big&id=5695597&source=ng8329235&w=735&h=490&t=20170228103600
Treinador do ABC, que na época passada ganhou o Campeonato, a Supertaça e a Taça Challenge, deverá mudar-se para Alvalade.

Carlos Resende é o técnico escolhido pela direção do Sporting para assumir a equipa de andebol, devendo entrar em funções no início da próxima época e com um contrato de longa duração, sendo claro o objetivo de dar estabilidade a um projeto que, finalmente, consiga alcançar o sucesso, ou seja, visa conquistar o campeonato nacional.

O contrato ainda não estará assindado, até em virtude do processo eleitoral em que o Sporting está mergulhado, mas o acordo existe e Carlos Resende tem via aberta para Alvalade

Os leões tentaram a transferência ainda durante esta temporada – depois de Javier Zupo Equisoain não ter resistido à forma como o Sporting foi derrotado, em casa, pelo FC Porto, num jogo em que esteve a vencer por sete golos e, sofrendo um parcial de 0-8, acabou mais distante do líder -, mas Carlos Resende sempre disse que não deixaria o ABC a meio do caminho, mas ressalvando que na próxima época estaria livre.

Fonte: ojogo.pt

Pedro Madeira Rodrigues explica a escolha do treinador

http://cdn.record.pt/images/2017-02/img_770x433$2017_02_28_13_39_32_1230761.jpg
MADEIRA RODRIGUES EXPLICA ESCOLHA DE JUANDE RAMOS: «JOGADORES DO SPORTING PRECISAM DE UM PAI»

Pedro Madeira Rodrigues confirmou que o seu treinador é Juande Ramos como Record já tinha adiantado. O candidato da Lista A às eleições de sábado explicou que o espanhol “tem o perfil desejado”.

“A partir de junho vamos ter um grande treinador, um treinador vencedor, com experiência internacional, que gosta de apostar nos jovens, que gosta do Sporting e do futebol português”, disse na conferência de imprensa.

Para candidato, o espanhol é a opção correta: “Tem perfil de pai. Os jogadores do Sporting precisam de um pai para terem força, segurança e confiança”.

Madeira Rodrigues disse que desde o primeiro contacto com Juande Ramos ficou com muito boa impressão e prosseguiu: “Para terem uma ideia de quem é Juande Ramos é um treinador vencedor, com vários troféus internacionais. Tem este hábito de ser vencedor, diz que as finais são para ganhar.”

Autor: Sandra Lucas Simões

In Record

Godinho Lopes responde a Ricciardi

Antigo presidente do Sporting criticou as palavras de José Maria Ricciardi.

O que me levou a escrever estas palavras é, por um lado, a revelação de uma gravação; e, por outro, a invocação do meu nome por parte de José Maria Ricciardi num tom e numa linguagem que considero, no mínimo, ligeiros e abusivos”, começou por escrever Godinho Lopes.

“Já muita gente irresponsável me destratou na televisão do Sporting e em outros meios de comunicação social. Mas sim, é gente irresponsável e sobre a qual não nutro qualquer respeito – tenha essa gente o lugar que tiver no clube… Gente que se considera maior do que o Sporting e que, por uma estrita questão de ego, acredita estar acima do Clube. Mas essa gente simplesmente ignoro-a e não dou resposta”, acrescentou.

Godinho Lopes falou então sobre a dita gravação.

“Ouvi com atenção, telefonei a Sikander Sattar (pessoa em que acredito) e fiquei sem dúvidas de remontar a 2013. Não posso deixar de criticar veementemente a forma como se grava uma “reunião” e se usa a mesma, como se os presentes tivessem sabido e concordado na sua divulgação. Sobre o conteúdo, seguramente, quem esteve presente explicará”, salientou o ex-presidente do Sporting.

“No que se refere ao propalado Plano de Reestruturação, não é natural que José Maria Ricciardi, embora não participando nas reuniões, ignorasse que se fizeram em 2012 e nos princípios de 2013. Embora Sportinguista dos “quatro costados”, mas isso somos todos, prejudicou e sobremaneira o Clube pelas suas atitudes de querer controlar os candidatos. E não gostei das afirmações que ouvi”, realçou ainda, terminando.

“Caro José Maria, quem salvou o Sporting foram os Sportinguistas, não algum Salvador ou milagre. O tempo encarregar-se-á de repor a verdade e não é por tantas vezes invocares o meu nome que o ‘milagre’ se vai fazer. Cumprir com os bancos no primeiro ano não foi obra de um grande gestor, foi obrigação, para sobreviver. A partir daí basta olhar para as contratações e o desatino total”.