Beto faz estreia e dedica ao Pai

Jogador formou-se no Sporting, mas nunca chegou a jogar na equipa sénior

O jogo do Sporting contra o Famalicão, para a Taça de Portugal, vai marcar a estreia de Beto com a camisola dos leões, conforme o próprio jogador confirmou no Facebook.

captura-de-ecra%cc%83-2016-10-11-as-00-27-41

O guarda-redes aproveitou ainda para dedicar o jogo ao pai, já falecido, e sublinhou que vai jogar pelos dois.

Para leres a emocionante dedicatória clica aqui

“Voltarei para ser o titular”

Jonathan Silva defesa esquerdo argentino que esta emprestado pelo Sporting ao  Boca Juniors concedeu uma entrevista ao jornal O Jogo onde aborda o seu regresso ao Sporting e a luta pela titularidade.

Como está a viver este momento ao serviço do Boca Juniors?

-Estou confortável no Boca, a ganhar mais confiança dia a dia, e isso vai favorecer-me quando voltar ao Sporting. Inicialmente, tive mais continuidade, que é o que tenho procurado nos últimos meses. O objetivo era ter a oportunidade de disputar mais jogos. No Sporting, o titular era o Jefferson, mas quando apareceu a possibilidade de ir para o Boca… a verdade é que a proposta era irresistível. Tenho de continuar a trabalhar em cada treino para ganhar um lugar na equipa, que é o que todos queremos.

transferir

Já vai no segundo empréstimo ao Boca. Mantém o objetivo de voltar rapidamente ao Sporting?

-Sim, claro. Mantenho a expectativa de estar novamente à disposição de Jorge Jesus e de ganhar um lugar na equipa. Naquele momento, a ideia era aproveitar a chamada de um grande da Argentina para jogar com maior regularidade e para estar mais perto da seleção. Se tivesse ficado no Sporting, sem jogar, dificilmente teria entrado na lista de 35 pré-convocados da Argentina para os Jogos Olímpicos.

Como imagina o regresso ao Sporting?

-Já me conhecem, mas terei de começar do zero para ganhar um lugar na equipa. Jorge Jesus sabe quais são as minhas qualidades e os meus defeitos. Vou trabalhar para poder estar entre os 11 titulares.

Leia toda a entrevista na edição impressa de O JOGO – Fonte Jornal o Jogo.

Presidente do Marítimo: «BRUNO DE CARVALHO DEU O DITO POR NÃO DITO»

Em entrevista ao site ‘Tribuna’, do ‘Expresso’, o dirigente madeirense confirmou que Marega e José Sá estiveram próximos do clube de Alvalade. “É verdade que havia um direito de opção do Sporting que não foi exercido aquando da venda do Danilo e que o Marega e o Sá estiveram praticamente vendidos ao Sporting. Era uma vontade de Jorge Jesus, porque tínhamos falado nisso”, disse.

Carlos Pereira disse ainda que o negócio teve a intervenção de Álvaro Sobrinho e que o negócio não se concluiu porque Bruno de Carvalho não quis. “É verdade que me disseram que o negócio estava fechado, com o selo de garantia de Álvaro Sobrinho. Depois o presidente do Sporting deu o dito pelo não dito como aconteceu em relação ao Danilo. E o negócio não se concretizou”, afirmou numa entrevista em que avaliou igualmente os presidentes dos três grandes.
captura-de-ecra%cc%83-2016-09-10-as-00-12-56
O presidente do Marítimo disse ainda que não houve leilão nestes negócios. “Não houve leilão. Foi o tempo mais que suficiente para o negócio ser feito e que não foi feito por única e exclusiva responsabilidade do presidente do Sporting. No caso do Danilo, fiz questão de dizer que não ia esperar mais e que um euro a norte era igual a um euro a sul. Se há um responsável chama-se Bruno de Carvalho”, terminou.

Sporting – Notícias Flash

Jefferson – Jefferson, por enquanto, não tem planos para sair do Sporting, mesmo que o clube, em janeiro, contrate o argentino Emiliano Insúa, juntando-se a Marvin na concorrência pelo lugar de lateral esquerdo.
Jefferson renovou contrato em outubro do ano passado, até 2020, e por valores mais altos, com uma cláusula de rescisão fixada em 45 milhões de euros.

Bruno Paulista – o jovem médio brasileiro do Sporting, Bruno Paulista, será uma das apostas de Jorge Jesus para esta temporada, sendo lançado de forma progressiva ao longo da época, dando passos seguros rumo à total afirmação no plantel principal dos leões.
Nesse sentido, é muito provável que o camisola 33 dos leões, de 21 anos, seja utilizado pelo treinador da equipa verde e branca na partida com o Famalicão, subindo mais um degrau no crescimento em Alvalade.

Meli – o treinador do Boca Juniors disse que não sabe o que se poderá estar a passar com o médio argentino mas no entanto afirma que, «Não sei o que lhe dizer, não sei o que se passa. Mas não vejo razões para mudar o que disse quando Marcelo chegou ao Sporting», afirmou.
«Pode ser um problema de adaptação. O Marcelo saiu da Argentina pela primeira vez e o futebol europeu é um pouco diferente, mais intenso e tático», observou Schelotto.

Notícias do Dia – Sporting

Insúa – «É um clube muito grande, pelo qual guardo grande carinho. Guardo o Sporting no coração», disse numa curta declaração a A BOLA, antes de finalizar: «Neste momento não posso dizer mais do que isso, já que tenho contrato na Alemanha e estou concentrado no Estugarda.»

Gelson Martins – «Sinto-me confiante, o ‘mister’ disse-me para fazer o que faço sempre, para ajudar a equipa. Temporada de sonho? Estou a trabalhar para dar o meu melhor. Estamos no início e vou continuar a trabalhar».

Beto – Na quinta-feira, frente ao Famalicão, Beto, agora com 34 anos, poderá ter oportunidade de voltar a jogar pelo Sporting, 12 anos depois de ter envergado o emblema do leão.
Foi a 15 de maio de 2004 que Beto, então com 22 anos, esteva na baliza da equipa B dos leões, orientada por Jean Paul, em partida diante do Amora.
No percurso seguiram-se Chaves, Marco, Leixões, FC Porto, Cluj, SC Braga e Sevilha até ao regresso a Alvalade, no início desta temporada, depois de ter terminado contrato com os espanhóis e ter decidido abandonar a Andaluzia.