A SMS de Bruno Carvalho

A SMS APÓS O JOGO DA 2ª MÃO DOS QUARTOS-DE-FINAL DA LIGA EUROPA COM O AT. MADRID.

“Eu quando tiver de criticar seja o que for, ou quem for, ou onde for, critico. E assim sempre o farei. Confesso que não entendi o problema que foi criado nem a intenção, pois em Chaves foi no balneário e os capitães ficaram chateados. Agora foi um post da treta onde critiquei a sério foi o Atlético de Madrid e ficaram chateados…. Enfim, “dentro ou fora de casa” afinal as críticas é que chateiam e não a forma ou o local. Mas coisas a sério pois irei criticar sempre que achar que o devo fazer.

Hoje foi um grande jogo. Uma entrega fenomenal, uma garra, uma atitude e um compromisso que ainda nunca tinha visto. Foi preciso ficarem zangados comigo para o fazer! Triste, aliás muito triste com a saída da Liga Europa, mas muito feliz com a vossa exibição. Se tivessem dado 50% do que deram hoje e em Paços em todos os jogos, neste momento estávamos em 1.º lugar no campeonato e nas meias-finais da Liga Europa! Isso é o que me entristece e que vocês teimam em não perceber: vocês jogam muito e só não ganham quando não fazem o que fizeram por exemplo hoje. Cabeça erguida pois temos o campeonato e a taça. Ainda podemos ser felizes.

Quanto a estarem chateados comigo se fizer com que tenham sempre estas exibições vamos a isso. Eu quero é vencer e ser campeão! Já vos disse que vocês são a família que escolhi mas não esperem de mim facilidades. Gosto e acredito em vocês mais do que ninguém e não tenham dúvidas disso. Só que aqui temos de dar sempre tudo em todos os jogos! Vamos a eles, agora Belém e depois Porto e depois… ganhar até ao final! Agora podem andar todos chateados comigo, mas joguem sempre assim. É essa a minha exigência e acreditem que não são uns assobios que me deitam abaixo, só me dão mais força. E tenho a certeza que vocês preferem um presidente feliz a um não feliz. Hoje não sou um presidente feliz pois não passámos, mas estou orgulhoso pois quem tinha razão desde sempre era eu: vocês têm valor para ganhar tudo, tivessem sempre essa vontade!”

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.