“Tinha Jorge Jesus e Domingos Soares de Oliveira quando fui corrido”

Luiz Godinho Lopes revela, esta terça-feira, numa entrevista concedida ao jornal A Bola, que tinha tudo acertado com Jorge Jesus e Domingos Soares de Oliveira – então treinador e administrador da SAD do Benfica, respetivamente – quando abandonou a presidência do Sporting, em 2013.

À margem da apresentação do livro “Olhos no olhos”, onde revela vários episódios da sua passagem por Alvalade, o antigo líder leonino diz sentir-se obrigado a vir a público defender-se, depois de o seu nome ter sido “enxovalhado”.

“Tinha Jorge Jesus e Domingos Soares de Oliveira quando fui corrido. Falei com Jorge Jesus, a primeira vez em dezembro de 2012. Tínhamos combinado que seria no final dessa época. Os valores? Metade daquilo que Bruno de Carvalho pagou. Vinha ele e vinha o Domingos Soares de Oliveira . Reuni-me com ele, é sportinguista, excelente gestor e grande trabalho no Benfica”, afirmou.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.