Acunã

Segundo o noticiado pelo site Tuttomercato, o jogador é seguido com atenção por Lazio e AS Roma, com os dois clubes a entrarem na discussão do jogador.

Com forte presença nas equipas titulares dos leões durante os últimos anos, o argentino é visto como uma solução ‘todo-o-terreno’ para a lateral-esquerda.

De acordo com o site italiano, os leões já estarão a par deste interesse, estando a negociar as ofertas recebidas pelo internacional albiceleste.

Relembre-se que na última temporada, Acuña somou 36 jogos e dois golos.

Fonte: noticiasaominuto.com

Carta aberta a Adrien

Começamos por dizer que enquanto foste o nosso capitão eras para mim o melhor médio do Mundo, o melhor líder de balneário mas isto apenas porque foste o capitão do meu clube o Sporting.

Posto isto escrevo esta carta aberta a Adrien de forma a perceber que tipo de homem és e foste…

Aliás se não tivesses sido jogador do Sporting jamais eras um líder para nós ou melhor não passarias de um mero médio centro que nunca tinha sido campeão da Europa…

Agora eis a resposta à triste entrevista de Adrien ao jornal A Bola que acontece um dia depois do Sporting emitir um comunicado a repudiar as notícias vindas a público sobre a compra e venda de jogadores do plantel.

O pior da vida é a vingança e neste momento é o que Adrien pretende. Depois da nega em Alvalade e ficamos à espera da contra resposta este antigo capitão do nosso clube só veio demonstrar que não tem caracter pois o que ele pretende com esta entrevista é regressar a Portugal nem que para isso esteja a oferecer-se ao Benfica… Aqui só é enganado quem quer e é neste momento que vemos os homens de H grande e os oferecidos. Agora nem que nos digas que vens a custo zero e que até pagas para voltar a vestir a nossa camisola. Aqui só queremos quem sente o leão ao peito e nunca nos oferecemos aos lampiões como quem tem sede de vingança por ter visto as portas fechadas… E fica apenas esta questão … Querias regressar a Alvalade até mandaste pessoas em teu nome pedir ao Presidente e treinador e quando custava o teu regresso ? E o teu vencimento ? E já agora o teu rendimento visto que estas vai para três anos a jogar meia dúzia de jogos por ano ? Afinal Alvalade ao contrário do que pensas não é nenhuma casa de misericórdia …Alvalade tem princípios tem valores que tu não consegues entender…o facto de teres sido capitão do Sporting talvez te levasse a pensar que te podias arrastar dentro do relvado no Sporting…levaste com as portas com as janelas na tromba e muito bem…

Adrien o teu lugar talvez seja numa Rússia ou numa Turquia nunca numa Premier League ou num campeonato francês…

Aliás fica sabendo que Sporting sempre e acima de qualquer ego.

Sporting emite comunicado

O Sporting emitiu esta sexta feira um comunicado onde critica as notícias vindas a público no jornal A Bola.

Leia o comunicado na íntegra:

” Persiste, subindo de tom, a campanha que o jornal A Bola tem vindo continuadamente a fazer contra o Sporting Clube de Portugal e em desrespeito por todos os Sportinguistas. Em nome de quê, só os próprios saberão. Porque em nome da boa reputação do Jornalismo, da imparcialidade e do Código Deontológico que deveriam respeitar certamente não é.

Num momento em que se assiste a uma tentativa de desintoxicação que está a ser, e bem, promovida por alguns órgãos de comunicação social, uma ovelha negra insiste em jogar uma “Bola Quadrada” que quando rola sai sempre a mesma face.

Na capa d’ A Bola de dia 30 de Dezembro do ano passado, o plantel do Sporting surgia em Saldos, retratado pelos jogadores Coates, Acuña e Wendel, com uma etiqueta em tons de vermelho com o respectivo preço “de saldo identificado”.  No mercado de inverno nenhum desses jogadores foi vendido e o Sporting CP fez a segunda maior venda de sempre do futebol português. Para saldos, não está mau.

É um exemplo de vários, passando pelo voluntarismo “forçado” do Presidente do Clube em pleno estado de emergência (no mesmo dia em que, curiosamente, a CMVM colocou em causa uma OPA no mundo do futebol nacional), culminando com uma capa tendenciosa em pleno mês de Agosto, onde é omitida a posição do Sporting CP e a “história” por trás da história.

O jornal A Bola decide então hoje fazer capa, omitindo a posição do Clube, de uma notícia de há 3 meses, cujo conteúdo foi alvo de comunicado do Sporting CP nessa data (link), sobre o processo que decorre com Siniša Mihajlović.

Será conveniente recordar que, a 30 de Abril, o Sporting CP emitiu um comunicado, no qual refere “com esse fundamento, Siniša Mihajlović manteve a execução instaurada contra a Sporting CP – Futebol, SAD e na qual havia já procedido à penhora das receitas que à Sporting CP – Futebol, SAD eram devidas pela participação nas provas europeias, na qual a Sporting CP – Futebol, SAD juntará os comprovativos de pagamento e requererá o levantamento da penhora. A Sporting CP – Futebol, SAD continua a considerar que efetuou o pagamento a que estava obrigada nos estritos termos da decisão do CAS e da lei, nada mais sendo devido a Siniša Mihajlović.”

Este caso, já várias vezes noticiado e agora esclarecido pelo Sporting CP no Editorial do Jornal Sporting de ontem, em mais um esforço de clarificação e transparência sobre o universo leonino, ganha hoje um destaque curioso. Num contexto em que no nosso universo desportivo existiu uma demissão num clube que parece não acolher o mesmo critério de destaque que a do vogal do Conselho Fiscal do Sporting CP teve pelo jornal. Não está em causa o sucedido, que diz respeito apenas e somente ao clube em causa, mas a dualidade de critérios e importância relativa utilizada pelo mesmo Jornal.

Hoje, passados 3 meses da notícia original, o jornal A Bola dá destaque de capa a uma notícia requentada. Os Sportinguistas saberão, como sempre souberam, perceber que não se trata de uma mera coincidência.

A liberdade de expressão e de opinião é um valor intocável para o Sporting CP, mas o processo enviesado, a desinformação e dualidade de critérios reiteradamente promovida pelo jornal A Bola não homenageia a História do Jornal, o bom Jornalismo, nem o Desporto. É demasiado desrespeitoso para com um Clube com 114 anos e para com todos os Sportinguistas e, como tal, não o deixaremos passar incólume. “

Luis Maximiano

Aos 21 anos, Luís Maximiano cumpriu a primeira temporada como ‘dono e senhor’ da baliza da equipa principal do Sporting, e as boas exibições assinadas de leão ao peito não passaram despercebidas junto de alguns dos maiores clubes da Europa.

Foi o caso de Barcelona e AC Milan, que, segundo escreve, esta terça-feira, o jornal A Bola, já terão tirado notas do internacional sub-21 português, tendo em vista uma eventual investida já no decorrer do mercado de transferências de verão.

Luís Maximiano, recorde-se, tem contrato válido com o Sporting até junho de 2023, onde consta uma cláusula de rescisão no valor de 45 milhões de euros.

Nuno Mendes

Jovem defesa esquerdo do Sporting lançado por Rúben Amorim esta a ser seguido pelo Real Madrid.

Realizou apenas nove jogos pelo Sporting, no entanto foram os suficientes para suscitar o interesse do Real Madrid. Nuno Mendes deixou os responsáveis do clube espanhol agradados, segundo noticia o jornal Record, e até já questionaram o clube de Alvalade sobre qual o preço desejado pelo jovem lateral de 18 anos.

De acordo com o mesmo jornal, o Sporting apontou para o valor da cláusula de rescisão, 45 milhões de euros.

Com contrato até 2025, Nuno Mendes é um dos mais importantes ativos do clube leonino, mas Rúben Amorim deverá querer mantê-lo para a próxima temporada, uma vez que foi um dos mais utilizados pelo técnico após a estreia que fez a titular diante do Tondela.

Fonte: noticiasaominuto.com