Sporting solidário

A Fundação Sporting vai oferecer no domingo um almoço à comunidade dos sem-abrigo, numa iniciativa em que também alguns médicos irão medir a febre e monitorizar as pessoas presentes, devido à pandemia de Covid-19, anunciou hoje o clube.

Esta iniciativa da fundação ‘leonina’ vai ser realizada em conjunto com a Comunidade Vida e Paz, uma Instituição Particular de Solidariedade Social, tutelada pelo Patriarcado de Lisboa, e está marcada para a Praça do Centenário, no Estádio José Alvalade. A distribuição dos almoços será feita às 13:00.

Através da Comunidade Vida e Paz, uma equipa de médicos vai estar no local e, com material doado pela Fundação Sporting, irá proceder à monitorizarão dos sem-abrigo presentes, bem como à medição da febre.

A Fundação Sporting explicou ainda que a iniciativa respeitará as distâncias de segurança e higiene recomendadas pela Direção Geral de Saúde, por causa dos efeitos do novo coronavírus.

” Bruno Fernandes chegou a ser apontado como um traidor “

Em entrevista ao diário Record, José Peseiro, agora ao serviço da seleção da Venezuela, recordou que Bruno Fernandes chegou a ser apelidado de “traidor” por alguns adeptos do Sporting.

“Alguns jogadores regressaram e o Bruno Fernandes foi um deles. Foram muito atacados e ele era apontado como um traidor. Mas demonstrou um empenho, uma determinação e uma qualidade de um craque, de um génio”, começou por dizer José Peseiro, que considerou ainda que o internacional português foi mal vendido para o Manchester United.

“Pela qualidade dele, acho que valia mais. Mas não estou a criticar porque o momento do negócio é outro e as dificuldades do clube são outras. Mas foi o maior negócio da história do Sporting. Se não fosse a Comissão de Gestão, e também a minha equipa técnica, não tinha sido concretizado, porque contribuímos para trazer os jogadores de volta. Acho que o Sporting fez bem em não o vender a preços baixos, como se projetava naquela altura. Não estou a dizer que o negócio agora foi mal feito, é um negócio bom, é muito dinheiro para o Sporting, mas tabelando, sabemos que daqui a uns anos ele vale mais dinheiro”, rematou o treinador português.

Bruno Fernandes

Antigo capitão do Sporting deu uma entrevista ao Canal 11 onde aborda a contratação de Rúben Amorim por parte do Sporting.

“Claro que surpreende. Ninguém estava à espera. O próprio mister Rúben disse isso. Em Portugal não é comum pagar-se por um treinador, foi a primeira vez. Fico feliz por ter sido um valor pago por um treinador português. Se em Portugal é considerado uma aposta de risco pagar oito milhões por um jogador, como foi o meu caso, obviamente que todos acham que pagar 10 milhões por um treinador pode ser uma aposta de risco. A posição do treinador é um bocadinho cruel. Se as coisas correm bem, os jogadores têm mais mérito que o treinador, ao contrário o demérito é mais do treinador e ele é que acaba por sair”, disse Bruno Fernandes, revelando ainda que mantém regular contacto com os ex-companheiros.

“Guardo um carinho muito especial pelo Sporting, sempre que posso acompanho e falo muitas vezes com os meus colegas. Tento até falar com eles antes dos jogos no dia anterior. Sempre que os estágios coincidem, falo com alguns por FaceTime. Guardo muitos e bons amigos no Sporting”, acrescentou o internacional português.

Adrien e Slimani

O interesse não é novo, o rumor também não, mas agora é a vez do jornal Leicester Mercury voltar a apontar Slimani e Adrien Silva ao Sporting.

O avançado argelino e o médio português, recorde-se, foram vendidos pelos leões ao Leicester, sendo que ambos estão atualmente emprestados ao Mónaco e sem perspetiva de por ali continuarem na próxima temporada.

O regresso a Alvalade afigura-se, então, como potencial solução para os dois experientes jogadores em 2020/2021.

Fonte: abola.pt

Gonzalo Plata

Contratado ao Independiente del Valle no passado mês de janeiro, por cerca de um milhão de euros, Gonzalo Plata começa a conquistar o seu espaço na equipa principal do Sporting.

É o caso do Leicester City, que, segundo escreve, esta terça-feira, o jornal britânico Leicestershire Live, tem acompanhado atentamente as exibições do avançado equatoriano de apenas 19 anos ao serviço do clube de Alvalade.

Além dos foxes, conjunto onde alinha o internacional português Ricardo Pereira, também o Watford, de Domingos Quina e companhia, terá referenciado o nome do jogador natural de Guayaquil.

Gonzalo Plata, recorde-se, soma, neste momento, 14 jogos entre os ‘graúdos’ do emblema verde e branco, ao cabo dos quais soma dois golos e uma assistência.

Fonte: noticiasaominuto.com