Juve Leo emite comunicado

A maior claque do Sporting já reagiu à decisão da direcção do Sporting em cortar todos os apoios à Juve Leo e ao Directivo XXI.

Leia o comunicado da Juve Leo na íntegra:

“A Associação Juventude Leonina, por intermédio da comunicação social, tive conhecimento de que o protocolo celebrado entre a mesma e a direção do Sporting Clube de Portugal foi objeto de resolução.

Esclareça-se antes demais, para os devidos efeitos, que a claque Juventude Leonina data de 1976, muito antes de existirem protocolos, apoios diretivos ou representantes de adeptos com cargos diretivos, que a curva sul é hoje uma realidade com identidade inconfundível e objetivo comum. Por conseguinte, esta posição tomada pela Administração do Sporting Clube de Portugal só representa, uma vez mais, a falta de rumo de um clube sem liderança, assente em incompetência e que necessita apenas de “bodes expiatórios” para se livrar de atenções indesejadas.

O comunicado emitido pelo Sporting Clube de Portugal é só mais um episódio triste da Direção deste clube que apoiamos incondicionalmente. Por essa razão, cumpre-nos desde já esclarecer toda a comunidade Sportinguista do seguinte:

1. Os estatutos da Associação JL são soberanos no que diz respeito aos objetivos prosseguidos: apoiar todas as equipas do Sporting. Em lado algum se encontra o dever de apoiar Direções.

2. Ainda assim, e em rigor, a contestação que atualmente se faz notar provém dos adeptos em geral, e não em particular de nenhuma claque, e dirigida à atual direção. O apoio aos jogadores e equipas técnicas é incontestável, aliás, assim se viu recentemente num jogo com uma equipa da 3ª divisão (atual Campeonato de Portugal) em que o Sporting Clube de Portugal perdeu 2-0, pelo que, a pergunta a ser colocada é antes: Será do apoio ou da má gestão que tais resultados têm sido recorrentes? É do apoio ou da má gestão que se prepara uma época com amadorismo (quantos jogos ganhou o Sporting na pré-época?) e se vendem titulares no último dia do mercado, sem que se informasse sequer esses mesmos jogadores (veja-se o caso do Raphinha)? É do apoio ou da má gestão que se perde uma Supertaça por números absurdos e aparece um Presidente a dizer que não está preocupado? E quando existem resultados ininterruptamente negativos e lesivos à boa imagem do Sporting? Que líder aparece para falar? É um problema de claques quando se comunica à CMVM a resolução de contrato de trabalho de um treinador e por duas vezes não se acerta no nome da pessoa? É um problema de claques quando por “lapso” não se faz referência a um feito inédito de um atleta de judo campeão do mundo na edição do jornal oficial do clube?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.