” Não fizemos o que combinamos “

Silas estava satisfeito com a vitória e o resultado mas não com a exibição.

” Queremos um Sporting a controlar mais o jogo, mesmo que o resultado nos seja favorável. No final da primeira parte começámos a cometer erros que não devíamos ter cometido, o aspeto psicológico dos jogadores ainda não está como pretendemos ” , referiu, prosseguindo na análise às incidências da partida:

-”  Na segunda parte o Paços foi superior, também porque deixámos de fazer o que tínhamos de fazer. Sem querer tirar mérito ao Paços, não fizemos nada do que combinámos.”

” Em termos de empenho, atitude e coração as duas equipas foram fortes, acabámos por ser mais felizes. “

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.