SPORTING COM VÁRIAS NOVIDADES FRENTE AO VORSKLA

Juntamente com o regresso de Nani ao onze dos leões, destaque para Carlos Mané, Bruno Gaspar e Diaby como as surpresas guardadas por José Peseiro para alinhar de início na Ucrânia.

Onze do Sporting: Salin, Jefferson, Coates, André Pinto, Bruno Gaspar,  Acuña, Petrovic, Bruno Fernandes, Mané, Diaby e Nani.

Onze do Vorskla: Shust, Artur, Chesnakov, Dallku, Kolomoets, Kravchanko, Kulach, Perduta, Rebenok, Sharpar e Sklyar.

«Como é que alguém que até aos 41 anos nunca tinha sido nada chegava ao Sporting e tinha sucesso?»

«Como é que alguém que até aos 41 anos nunca tinha sido nada chegava ao Sporting e tinha sucesso?»

Godinho Lopes assume-se “triste” com a gestão de Bruno de Carvalho no Sporting, mas não surpreendido: “As pessoas não quiseram ver, porque alguém que até aos 41 anos nunca tinha sido nada, que faliu empresas, que tinha dívidas à Segurança Social, à banca, como é que chegava ao Sporting e tinha sucesso?”, afirmou em entrevista à Sábado. O antigo presidente dos leões, entre 2011 e 2013, abordou ainda o seu processo de expulsão de sócio dos verde e brancos.

“Fiquei triste com a gestão de Bruno de Carvalho, porque ele tinha condições para fazer um bom trabalho. O sucesso num clube como o Sporting vem através do futebol, e ele, ao escolher três bons treinadores (Marco Silva, Leonardo Jardim e Jorge Jesus), se tivesse bom senso e capacidade integradora, teria tido sucesso. Fiquei triste por isso e pelo facto de terem acreditado numa pessoa incapaz para gerir o Sporting. As pessoas não quiseram ver, porque alguém que até aos 41 anos nunca tinha sido nada, que faliu empresas, que tinha dívidas à Segurança Social, à banca, como é que chegava ao Sporting e tinha sucesso? Só com milagres, mas os milagres acontecem muito pouco”.

E prosseguiu: “O meu mandato foi aquele em que houve mais títulos. De resto, ele acabou a reestruturação financeira começada por mim, não fez mais do que a sua obrigação. Construiu o pavilhão João Rocha, que fui eu que lhe dei o nome e era um projeto que já vinha de trás. (…) Fiz milhares de coisas muito mais bem feitas em dois anos, sem comparação”.

Sobre o processo de expulsão de sócio do Sporting em 2015, Godinho Lopes sublinhou: “Dei seis anos da minha vida ao Sporting: quatro a construir o estádio e a Academia e a reestruturar a área do imobiliário; e dois como presidente. Vi o resultado da auditoria imobiliária e em nenhum momento tenho o mais leve ataque à minha gestão. Os sócios é que decidiram se eu ficava ou saía. Se eles entenderem que devo voltar, que me convidem. Se entenderem que o Conselho Fiscal e Disciplinar me demitiu de forma incorreta, que me readmitam. Agora, não posso estar, ou querer voltar, a um clube onde não querem que eu esteja”.
Fonte: record.pt

Benfica arrola Sousa Cintra como testemunha

Fernando Gomes e Pedro Proença também são testemunhas

O Benfica avançou com o pedido de instrução no caso E-toupeira. A SAD do Benfica alega que não tinha conhecimento dos atos de Paulo Gonçalves.

Entre as 17 testemunhas arroladas pelo Benfica contam o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença, o ex-presidente do Sporting Sousa Cintra e também os presidentes dos Sp. Braga, António Salvador, e do V. Guimarães, Júlio Mendes.

Acuña “blindado”

Presidente do Sporting já terá acordo com o internacional argentino para prolongar o vínculo do jogador.

Segundo é esta quarta-feira noticiado pelo jornal O Jogo, Frederico Varandas, presidente do Sporting, estará prestes a fechar a renovação de contrato de Marcos Acuña, atleta argentino dos leões.

De acordo com o avançado, o presidente leonino viu chegarem a bom porto as negociações encetadas por Sousa Cintra, tendo um acordo para renovar o vínculo entre as partes até 2022.

O jogador, que esteve para rescindir o seu contrato aquando dos incidentes na Academia de Alcochete, verá o seu salário melhorado, passando de um valor de 700 mil euros por temporada para um mais elevado.

Com o último contrato assinado pelo argentino a datar de 2017, ainda sob o comando de Bruno de Carvalho, os verde e brancos querem premiar o atleta pelo seu bom comportamento desportivo, pelo que prolongam agora por um ano o contrato já existente.

Fonte: noticiasaominuto.com

Sporting com quatro baixas na Ucrânia

O Sporting realizou esta terça-feira o penúltimo treino antes da viagem para a Ucrânia, onde vai defrontar o Vorskla Poltava na próxima quinta-feira 17.55 horas), num jogo a contar para a segunda jornada da fase de grupos da Liga Europa.

José Peseiro voltou a chamar Diogo Sousa e Elves Baldé, jogadores da equipa sub-23, e viu confirmada a indisponibilidade de Bas Dost, Mathieu, Battaglia e Luís Maximiano para o próximo jogo.

Recorde-se que o Sporting treina na manhã desta quarta-feira no Estádio Alvalade, antes de seguir viagem para a Ucrânia.

Fonte: abola.pt