«Jesus deve ter levado uma vergastada muito levezinha»

Bruno de Carvalho revelou em tribunal achar “tudo estranho” relativamente ao ataque à Academia de Alcochete. As declarações, reveladas pela RTP, mostram que o antigo presidente do Sporting referiu no interrogatório que não notou qualquer sinal de agressão em Jorge Jesus.

“Estive no balneário do treinador e digo-lhe que deve ter sido uma vergastada muito levezinha, pois o Jesus não tinha mazela nenhuma. Falou da camisola do Mário Monteiro, não pode ter recebido com tocha no peito, nem um furinho tinha na camisola. Tirando o Dost, mais alguém foi ao hospital mostrar alguma coisa? Acho tudo estranho. Se estavam o Jesus e o William a falar com o Mendes e mais cinco, o GNR estava lá dentro”, referiu.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.